#companhiadafisioterapia

Lombalgia

A lombalgia é então uma das queixas médicas frequentes, afectando até 90% dos adultos ao longo da sua vida, nalgum momento. Cerca de 1/3 da população adulta apresenta queixas regulares. A maioria das vezes, a queixa está relacionada com problemas de coluna, mas podem haver outras causas.

A lombalgia aguda, por vezes incapacitante e intensa, é normalmente autolimitada. Se a dor persistir por mais de 4 a 6 semanas, designa-se como lombalgia crónica.

A lombalgia aguda pode surgir no decorrer de um movimento abrupto, com carga ou feito de modo incorrecto.

As situações crónicas, surgem geralmente no contexto de alterações degenerativas, , lesões discais, osteoartrose, estenose do canal lombar, deslizamento de uma vertebra sobre outra, etc.

Durante a gravidez são também frequentes as queixas de lombalgia.